Posts Tagged 'origem'

Amizade de mais de 27 mil anos

Pesquisadores suecos descobriram que os cães foram domesticados entre 27 mil e 40 mil anos. A pesquisa, publicada dia no 21 de maio na revista Current Biology, foi baseada na análise de um fragmento de mandíbula de um cão, que viveu na Sibéria, o chamado cão-lobo de Taimyr.

2-ourbondwithd

O fragmento da mandíbula foi datado de 35 mil anos atrás, sendo este o mais recente ancestral compartilhado entre os lobos e cães modernos.

Uma outra possibilidade levantada pelos pesquisador Love Dalen, do Museu Sueco de História Natural, é uma divergência entre as populações de lobos da época, que teria levado as raças modernas. Mas segundo Dalen, essa é hipótese menos provável, pois acarretaria na extinção da outra população de lobos selvagens.

Seguno o estudo, o cão-lobo de Taimyr viveu alguns milhares de anos após o desaparecimento dos neandertais e dos humanos modernos se colonizarem a Ásia e Europa.

O estudo do DNA da mandíbula também mostrou que os huskies siberianos e os cães groenlandeses têm um número de genes “extraordinariamente grande” em comum com o cão-lobo Taimyr.

Fonte Zero Hora

Anúncios

Balto (Balto)

Balto (Balto)

  

Sinopse:

A Amblin Entertainment apresenta uma deslumbrante aventura animada sobre um dos cães mais corajosos de todos os tempos!

Parte cão esquimó, parte lobo, Balto não sabe exactamente qual o lugar a que pertence. Ele é um pária no Alasca, excepto para os seus verdadeiros amigos.

Um dia, uma epidemia de difteria alastra-se rapidamente entre as crianças de Nome. Quando uma violenta tempestade de neve bloqueia todas as vias de comunicação, não existe nenhuma maneira de obter os remédios que permitirão salvar vidas… a menos que uma equipa de cães de trenó possa percorrer mil quilómetros através da impenetrável tempestade árctica, para trazer antitoxinas. Só Balto poderá resgatar a equipa e salvar as crianças.

Balto baseia-se na extraordinária história verídica de um herói que inspirou toda uma nação e se converteu numa lenda.

Com vozes de Kevin Bacon, Bridget Fonda, Phil Collins e Bob Hoskins.
Elenco:
  • Kevin Bacon    …         Balto (voz)
  • Bob Hoskins    …         Boris the Goose (voz)
  • Bridget Fonda  …         Jenna (voz)
  • Jim Cummings  …         Steele the Sled Dog (voz)
  • Phil Collins       …         Muk and Luk (voz)
  • Jack Angel       …         Nikki (voz)
  • Danny Mann    …         Kaltag (voz)
  • Robbie Rist      …         Star (voz)
  • Juliette Brewer …         Rosy (voz)
  • Sandra Dickinson         …         Sylvie / Dixie (voz)
  • Miriam Margolyes        …         Grandma Rosy / Vozes estras
  • Lola Bates-Campbell   …         Granddaughter
  • Donald Sinden …         Doc (voz)
  • William Roberts           …         Rosy’s Father (voz)
  • Garrick Hagon …         Telegraph Operator (voz)
  • Bill Bailey         …         Butcher (voz)
  • Big Al  …         Morse (voz)
  • Michael McShane        …         Extra Voices (voz)
  • Austin Tichenor            …         Extra Voices (voz)
  • Reed Martin     …         Extra Voices (voz)
  • Adam Long      …         Extra Voices (voz)
  • Jennifer Blanc   …         (voz) (não creditado)
  • Jim Carter        …         (voz) (não creditado)
  • Christine Cavanaugh    …         (voz) (não creditado)
  • Michael Shannon         …         (voz) (não creditado)

 Ficha Técnica:

  • Direção: Simon Wells
  • Roteiro:  David Steven Cohen, Elana Lesser, Cliff Ruby e Roger S.H. Schulman
  • Ano: 1995
  • Gênero: Família | Animação | Aventura
  • Duração: 78 min
  • País: EUA

Curiosidades:

  • Bem nem precisa dizer que todos os amantes da raça Husky Siberiano conhecem essa história, que marca o início da criação da raça como é conhecida hoje.
  • Balto é o mais famoso, mas o cão mais importante na corrida do soro, e que é o “fundador” da raça foi Togo, o cão líder de Leonhard Seppala.

Balto

Balto

Balto (estátua em Nova York)

Togo

Togo

Seppala e Togo

Balto e Togo (Cleveland Metroparks Zoo)

Achados restos do cão mais velho

 Zero Hora | 03 de agosto de 2010 | N° 16416

CAVERNA CANINA

Achados restos do cão mais velho

Cientistas descobriram que fragmentos de um crânio e dentes caninos, encontrados no século 19 em uma caverna na Suíça, têm mais de 14 mil anos e, assim, podem ser os restos do cão mais velho do mundo. Os fósseis integram parte de uma descoberta arqueológica, feita em 1873, na caverna de Kesslerloch, no norte da Suíça, noticiou a agência de notícias ATS.

Mas foi apenas no ano passado que cientistas da Universidade Tuebingen, da Alemanha, fizeram uma análise mais precisa deles.

– Durante uma nova análise dos restos encontrados, nós identificamos um fragmento craniano e dentes do cão doméstico – disseram os cientistas, em um artigo publicado no International Journal of Osteoarchaeology.

– O grande fragmento de maxilar foi diretamente datado de 14.100-14.600 a.C. Nós argumentamos que o fragmento de maxilar agora deve ser considerado a evidência mais remota indiscutivelmente relacionada a um cão doméstico – afirmaram.

Até então, os registros mais antigos haviam sido divulgados por arqueólogos belgas. Mas os cientistas questionam a descoberta anterior, alegando que se tratava de lobos.

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2992622.xml&template=3898.dwt&edition=15217&section=1003

Iditarod 2010

E começou no fim de semana 37ª edição da Iditarod – The Last Great Race, uma corrida de trenó de mais de 1.800 km através do Alaska. Que faz parte da história da raça Husky Siberiano. Sua origem se deu no inverno de 1925, quando uma epidemida de difteria assolou a cidade de Nome no Alaska, e como as condições metereológicas impediam a chegada do soro por via aérea, foi organizado uma grande corrente de trenós de cães para levá-lo de Anchorage até Nome, e o trecho mais longo e difícil coube aos siberianos de Leonhard Seppala liderados por Togo, que veio a se tornar um dos principais cães formadores da raça Husky Siberiano como a conhecemos hoje. Se for traçada a árvore genealógica dos huskies de hoje todos descendem daqueles cães de trenó de Seppala.

o jamaicano Newton Marshall - Foto: Iditarod

Lenda sobre a origem do cão

# Segundo os nativos siberianos os cachorros foram criados primeiro que os homens! Ulgan, o criador fez da lama um Deus, chamado Elrik. Elrik moldou de terra e pedras o corpo do homem e da mulher, mas faltava ainda o espírito, enquanto ele saiu a procura desse espírito criou um cão (um Husky Siberiano) para tomar conta dos corpos. Ao chegar de volta, ele notou que o cachorro estava morrendo de frio, e deu-lhe um casaco de pele. Quando Ulgan se deparou com a criação de Elrik ficou indignado, queria destruir tudo, mas um sapo falou a ele: “Se viverem deixe que vivam, e se morrerem deixe que morram.” E para o cão Ulgan falou: “Daqui em diante você sempre protegerá a humanidade e viverá no frio, e se os homens os tratarem mal a culpa será de você mesmo.”

http://www.portaldascuriosidades.com/forum/index.php/topic,42744.0



%d blogueiros gostam disto: