Posts Tagged 'Carla Amadeu'

A lúdica aventura da tradicional corrida de trenó

REVISTA CARAS | 9 DE AGO. DE 2012 (EDIÇÃO 979 – ANO 19)

A LÚDICA AVENTURA DA TRADICIONAL CORRIDA DE TRENÓ

Convidados da Temporada CARAS/Neve se encantam com a magia da prova, a paisagem e os cães Huskies

A lúdica aventura da tradicional corrida de trenó

A lúdica aventura da tradicional corrida de trenó

Uma aventura fora do comum, a 1600 metros acima do nível do mar e com sensação térmica de 15 graus negativos provocou uma mistura de sentimentos entre os convidados da temporada CARAS/Neve 2012. Além da ansiedade, emoção e expectativa tomaram conta dos atores Deborah Secco (33), Sérgio Marone(31), Oscar Magrini (50), Ana Lima (38), o casal Thiago Luciano(32) e Lucy Ramos (29), Priscila Sol (32), Patrícia Barros (31) eEduardo Galvão (50) e das tops Renata Kuerten (23) e Ana Beatriz Barros (30) pouco antes do início da 13ª edição da tradicional corrida de trenós, puxados por cães da raça Husky do Alasca, em Villa La Angostura, na província argentina de Neuquén. “É tudo muito diferente do que estamos acostumados. Como imaginar que um dia participaria de uma competição como esta? Nunca! Mandei até fotos para os meus filhos. Eles vão ficar loucos”, divertiu-se Ana, ao lado do namorado, o pecuaristaTico Cardoso (39), citando Tom (10) e Davi (7), frutos da relação com o cantor Gabriel, o Pensador (38).

O local da disputa, o caminho Panorâmico do Cerro Bayo Ski Boutique, uma das mais charmosas e seletivas estações de esqui da América do Sul, a 10 minutos do centro da cidade, chamou a atenção pelo visual espetacular da Cordilheira dos Andes e do Lago Nahuel Huapi. “Sem dúvidas, é um dos lugares mais bonitos que já vi”, emocionou-se Priscila Sol, do elenco de Lado a Lado, trama das 6 com estreia em setembro, na companhia da irmã, Carla Amadeu (20). “Inacreditável. Tem luz de cinema. Se não estivesse aqui vendo in loco, pensaria que era tudo mentira”, emendou Lucy Ramos. Sérgio Marone também se impressionou. “Pela primeira vez vejo neve com esta magnitude. É lindo observar o desenho das montanhas brancas, com o lago à frente. Tudo aqui parece cenário de filme, em cada direção que se olha, há um enquadramento, uma cena”, constatou o ator.

Após os momentos iniciais de contemplação, todos passaram a prestar a atenção nas outras estrelas da tarde, os cachorros huskies. Impressionados com os latidos e uivos dos animais, procuraram saber informações sobre o perfil deles. “São treinados especialmente para a prática deste esporte, latem porque querem correr”, contou o instrutor Alejandro Cipriani. Ele disse ainda que os cães estão preparados para percursos de até sete dias.“Dependendo da distância e do tempo da travessia, podem ir em grupos de 22 cachorros. Inclusive, são magros, têm porte de atleta, se preparam para isso. A alimentação é balanceada, com bastante proteína”, completou.

Atenta às explicações, Renata Kuerten lembrou dos seus cães de estimação: o golden retriever Thor, a shitzu Kim, além de Toro e Nikita, da raça Jack Russel“Sou apaixonada por eles”, contou. Já Thiago Luciano falou sobre sua relação especial com o gato Estradinha“Ele tem oito anos e é paraplégico. Eu o coloco em quase todos os meus filmes e ele encara tranquilamente a câmera. É uma figura”, disse, sob o olhar atento da amada. “Thiago tem um carinho enorme por este gato. E não é fácil cuidar. Precisa ter coração grande para se dedicar da forma como ele faz”, constatou Lucy. Deborah Secco também logo se encantou pelos bichos. Ao acariciá-los, a estrela do seriado global Louco por Elas, que retorna ao ar em outubro, se divertia ao recordar histórias dos chihuahuas da família, Al Capone e Conchita“São como filhos, tenho grande amor por eles. Mas estava sempre viajando por causa do trabalho do Roger (seu marido, Roger Flores), eles moram com minha mãe. Quando chego lá, ficam loucos. Al Capone é muito agarrado comigo e Conchita fica com ciúmes”, disse.

Em relação à corrida de trenó, Deborah estava empolgada, mas não mostrava-se muito confiante em uma boa colocação. “Nunca ganhei nada, até já desisti de tentar. Cresci vendo todos da minha família sendo bastante competitivos, mas eu não sou nem um pouco. Meu irmão, Ricardo, por exemplo, chegou a participar de vários campeonatos de natação”, contou para suas empresárias, as irmãs Fernanda (31) e Paula Colucci (33), da Colucci Agentes. Silvia Secco (60), mãe da atriz, fez um adendo às palavras da filha. “Talvez por isso, ela tenha ficado traumatizada. Até jogando buraco, tanto faz se ganha ou perde. Não vê graça na competição”, revelou. Mas, incentivada pela madrinha, a diretora, professora e autora teatral Neide Lira (52), sua parceira na competição, a atriz se animou. “Estou confiante, ela é uma excelente piloto”, assegurou Neide, dona de curso de teatro que leva o seu nome, no clube Alfa Barra, Rio, e com quem Deborah estreou no teatro aos 9 anos.

Já outros participantes esbanjavam confiança. “Se entramos na disputa, temos que ir em frente, para vencer. Essa história de que o importante é competir, é papo furado”, avisou Oscar Magrini, antes de conduzir o trenó com a filha,Isabella (20), da união com Matilde Mastrangi (59). Enquanto isso, seus oponentes já armavam as estratégias.“Como somos leves, quase dois mosquitinhos, vai parecer que não há nada em cima do trenó. Pode ser que isso nos ajude a ganhar mais velocidade”, apostou Renata, com 53kg em 1,74m de altura, ao lado do seu booker, Murilo Andrade (33), de 65kg em 1,80m. Já Thiago se prontificou a assumir o volante. “Nem entramos nesta discussão. Se deixar, Lucy é capaz de me jogar montanha abaixo”, brincou o ator e diretor, provocando risadas no grupo.

Dada a largada, todos se divertiram, vibrando a cada curva. No fim, Magrini e a filha ultrapassaram a faixa de chegada em primeiro lugar, seguidos de Deborah e Neide. “Bati um papo com os cães antes e combinei de dar biscoitinho a eles. E, durante a disputa, grita va, ‘anda, perro’, ‘vá, perro’. Acho que eles entenderam”, contou Magrini.“Na verdade, Isabella foi o meu amuleto da sorte”, emendou. Em terceiro lugar, chegaram as irmãs Ana Beatriz e Patrícia Barros. Após a competição, todos deixaram o local com gostinho de quero mais. “É uma adrenalina muito gostosa”, definiu Renata. “Queria correr mais”, emendou Thiago. Após receber o troféu do secretário de turismo de Villa La Angostura, Marcelo García Leyenda (40), o campeão Magrini brindou com o espumante Brut Santa Carolina, importado pela Casa Flora. “Nunca imaginei na minha vida que algum dia iria guiar um trenó. É tudo lúdico, a neve, a montanha, os ‘perros’ latindo e correndo. O prêmio vai ser uma lembrança a mais desta maravilhosa viagem. Agora, vou treinar bastante para competir pelo mundo”, avisou o sempre brincalhão ator.

img-418692-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno img-418693-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno img-418694-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno img-418696-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno img-418697-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno img-418698-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno img-418700-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-trenoimg-418706-ludica-aventura-da-tradicional-corrida-de-treno

Assista ao vídeo em: CARAS Neve

Anúncios


%d blogueiros gostam disto: