Arquivo para outubro \25\UTC 2010

Destino Certo

Zero Hora | 25 de outubro de 2010 | N° 16499

 DESTINO CERTO

Deixe a sacolinha em casa

O lugar das necessidades dos pets é o lixo orgânico, mas enroladas em papel

O destino do cocô dos cachorros. Esse foi o tema levantado na edição do Nosso Mundo de 11 de outubro. Convidados a participar de uma enquete no blog, os leitores (leia comentários abaixo) deveriam escolher a melhor solução para os resíduos dos pets. Entre canteiros destinados apenas às fezes, a liberação dos canteiros que já existem ou o recolhimento dos dejetos com sacolinhas, 73,33% dos internautas diz que as sacolas são a melhor opção.

Em Porto Alegre, uma lei obriga os donos de animais a recolherem os resíduos deixados em locais públicos. Pensando nisso, contatamos especialistas para tentar encontrar uma solução bacana para todo mundo.

Números da Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação estimam que existam hoje 33 milhões de cachorros em todo o Brasil. Se metade dos cães brasileiros mora em apartamento, por exemplo, e, por isso precisa sair para passear e fazer o cocô na rua, seus donos seriam responsáveis por um número significativo de sacolas plásticas em aterros sanitários.

A veterinária Luciana de Almeida Lacerda, do Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias da UFRGS, conta que o número de vezes que cães fazem cocô em um dia pode variar muito. A saúde e o condicionamento do animal, os hábitos do dono, o que o bichinho come e a frequência da alimentação estão entre os fatores que influenciam.

Ainda assim, um cão de porte de médio, em geral, faz cocô duas vezes por dia. Fazendo os cálculos, as fezes de 16,5 milhões de cachorros – os que morariam em apartamento – recolhidos com sacolas duas vezes por dia alcançaria o número absurdo de 33 milhões de sacolas diárias. Em um mês, os pets e seus donos seriam responsáveis por 990 milhões de sacolinhas em aterros sanitários – o destino mais comum para o lixo orgânico no país.

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a3085651.xml&template=3898.dwt&edition=15762&section=1913

Papel facilita a decomposição

Feitas em sua maior parte de material inorgânico, as embalagens plásticas podem fazer com que o cocô, material orgânico, demore mais tempo para se decompor nos aterros sanitários. Além disso, a engenheira química e chefe da equipe de resíduos sólidos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), Alessandra Pires, lembra que a melhor forma de facilitar a decomposição dos resíduos orgânicos é separar com cuidado o lixo na sua origem. Por isso, recolher os resíduos com jornal ou papel pode ser uma solução interessante.

Nesse sentido, a jornalista Silvia Marcuzzo traz em um artigo de seu blog (mercadoetico.terra.com.br/blogs/silvia-marcuzzo/) um bom exemplo de Brasília. A prefeitura da quadra 303 Norte disponibilizou sacos de papel e um recipiente para os donos armazenarem os detritos de seus bichinhos.

Para quem pensa que juntar os resíduos com plástico em vez de papel pode ser arriscado, a veterinária Luciana lembra que o risco é muito pequeno quando os cães são vermifugados regularmente. A disseminação de verminoses poderia ser maior em canteiros de parques comuns para todos os animais, outra opção da enquete.

– O espaço deveria ser limpo todos os dias, pois os cães encostam o nariz na terra, lambem, e isso poderia contaminá-los com doenças – diz Luciana.

Sobre a possibilidade de espaços em parques destinados apenas para o cocô dos cachorros, Alessandra lembra que, além da limpeza, os canteiros exigiriam fiscalização constante e educação dos demais moradores da cidade:

– Usar o papel para recolher o resíduos e colocá-lo no lixo orgânico é uma alternativa que não afeta a decomposição e, ao mesmo tempo, destina o material para um lugar controlado por um órgão ambiental, os aterros.

O QUE DISSERAM OS INTERNAUTAS
Confira a opinião de quem comentou a enquete no blog:
“Me pergunto quantos milhões de saquinhos plásticos estamos mandando diariamente para os lixões em todo mundo ajudando a agravar o problema do lixo.”
Pedro Luis da Silva
“E para onde vai o cocô dos cachorros de rua e dos milhares de cavalos que transitam nossas ruas? Temos que resolver esses problemas primeiro para depois resolver isso e, bem lembrado pelo Pedro, o que causa mais danos, as fezes ou as sacolas?
Paulo
“A questão dos saquinhos é a mesma no caso dos supermercado. Já existem sacos de material de fácil decomposição, mas não há lei que obrigue a usá-los. Meu cão faz seu querido e lindo cocô e eu junto com papel higiênico somente, e, às vezes, até com jornal, justamente para evitar usar sacos de plástico.”
Alexandre

 http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a3085652.xml&template=3898.dwt&edition=15762&section=1913

Aprenda a fazer o seu pacote de jornal

A leitora Luiza Helena Moll aproveitou o questionamento para enviar uma sugestão bem criativa: fazer uma espécie de origami com jornal e transformá-lo em um saquinho para recolher o cocô. Confira:

http://insightspedagogicos.blogspot.com/2010/08/sacos-de-jornal-origami-que-podemos.html

– A ideia é factível, gratuita, é um exercício mental e ocupacional. É reciclável e evita desmatamento em razão da reutilização do papel-jornal. Principalmente, evita juntar sacolinhas de plástico, não degradáveis, com lixo orgânico. Com tal medida, o recolhimento e depósito do lixo público torna-se facilitado. O dono dos pets podem fazer estoques de dobraduras de jornal, e, a cada saída, levam tantos saquinhos quanto necessários.

Ela ainda acrescenta que, para evitar sujar as mãos, basta levar uma pazinha:

– É um costume diário, nada difícil para quem é preocupado com o ambiente e, acima de tudo, ama seu pet. Ademais, tal comportamento cultural refletirá o grau de cidadania e civilização de um povo.

http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a3085653.xml&template=3898.dwt&edition=15762&section=1913

Anúncios

STEEL – 11st Anniversary

Yesterday (18/October/2010) was the anniversary of eleven years of our “old lady”.

Ontem foi o aniversário de 11 anos da nossa “véinha”.

The Last Trapper (Le Dernier Trappeur)

The Last Trapper (Le Dernier Trappeur)

 

Sinopse:

 Em uma incrível “Odisseia Branca” canadense através de 8.600 km em um trenó de cães do Alasca à Quebec, o cineasta Nicolas Vanier conheceu Norman, um Jeremiah Johnson dos dias modernos, um Davy Crockett para um mundo que se esqueceu de seu passado. Norman, 50, vive nas florestas do Yukon com uma índia Nahanni chamada Nebraska. Um caçador de longa data, ele não precisa dos luxos da sociedade. Ele tem seus cães e come o que caça ou pesca. Ele fez seu trenó, sua raquetes, sua cabana e sua canoa com a madeira que ele encontra na floresta. O couro é curtido por Nebraska para ele na maneira antiga, como os antigos índios Sekani faziam.
Caça linces, castores, martas, lobos e carcajus fornecem o resto. A cada primavera, ele vai para Whitehorse ou Dawson para vender peles e comprar: fumo, munição, armadilhas, farinha, fósforos, velas e pilhas para o rádio. Ele viaja com seus cães. Eles estão em silêncio e permitem que ele olhe imperturbável as majestosas paisagens que ele atravessa. Isso é o que faz o caçador Norman. O Grande Norte está nele, e Nebraska carrega com ela, no seu sangue, porque a floresta boreal é a mãe de seu povo.
A platéia tem um retrato do dia-a-dia de um espírito puro, existente de acordo com seu ambiente, e que vivem respeitosamente em relação as vidas de outras criaturas.

Ficha Técnica:

  • Ano: 2004
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 94min
  • Diretor: Nicolas Vanier
  • Estúdio: Christal Films
  • Produtor: Jean-Pierre Bailly
  • Roteiro: Nicolas Vanier
  • País: França | Canadá | Suiça | Alemanha | Itália

 Elenco:

  • Norman Winther
  • May Loo
  • Alex Van Bibber
  • Ken Bolton
  • Denny Denison
  • Robert Lafleur
  • Alain Lemaire
  • Christopher Lewis
  • Roy Ness
  • Kaori Toregai
  • Christian Dingman
  • Jean-Yves Chatelais  …   Norman (voz na versão francesa)

Balto 3 – Nas Asas do Destino (Balto – Wings of Change)

Balto 3 – Nas Asas do Destino (Balto – Wings of Change)

Sinopse:

Seu Herói preferido está de volta numa novíssima aventura! Balto e seu filho Kodi descobrem que a tecnologia ameaça o futuro dos cães puxadores de trenó, pois o avião tornou-se uma opção mais veloz, trazendo suprimentos e correspondência a cidade. Em meio a controvérsia, uma corrida para entregar correspondência é arranjada entre um time liderado por Balto e um arrojado piloto que pilota um avião que fascina Balto profundamente. Quando Duke, o piloto, não consegue chegar ao seu destino, alguns dos cães ficam felizes ao provar sua superioridade, mas balto sabe como é sentir-se perdido. Balto, com a ajuda de Muc e Luc, sai numa operação de resgate de Duke e Boris, em seu avião caído no gelo. Junte-se a Balto e seus amigos nessa extraordinária jornada que vai alegrar todos os espíritos.

Ficha Técnica:

  • Direção: Phil Weinstein
  • Roteiro: Elana Lesser / Cliff Ruby
  • Gênero: animação, aventura
  • País: EUA
  • Ano: 2004
  • Duração: 76min

Elenco / vozes:

  • Balto:  Maurice LaMarche
  • Boris:  Charles Fleischer
  • Jenna: Jodi Benson
  • Kodi:   Sean Astin
  • Dusty: Charity James
  • Stella:  Jean Smart

Balto 2 – Aventura na Terra do Gelo (Balto 2, Wolf Quest)

Balto 2 – Aventura na Terra do Gelo (Balto 2, Wolf Quest)

 

Sinopse:

Agora a aventura continua, e desta vez Balto não está sozinho…. Balto se torna papai e todos os filhotinhos menos um, Aleu, são adotados. Após o encontro com o caçador na floresta, a jovem Aleu descobre que nunca será aceita por uma família como seus irmãos porque se parece mais lobo do que um cãozinho. Triste, ela parte em busca de seu destino, a fim de encontrar seu lugar no mundo. Aborrecido, Balto sai para se juntar a Aleu e assim inicia uma busca épica pelas geladas paisagens selvagens do Alaska. Uma aventura espetacular sobre coragem, a auto-descoberta e a emoção que vai durar em seu coração para sempre.

Ficha Técnica:

  • Título Original: Balto 2, Wolf Quest
  • Gênero: Desenho Animado
  • Origem/Ano: EUA/2000
  • Duração: 75 min
  • Direção: Phil Weisntein
  • Distribuição em Vídeo e DVD: Universal

Elenco:

  • Maurice LaMarche… Balto
  • Jodi Benson… Jenna
  • Lacey Chabert… Aleu
  • David Carradine… Nava the Wolf Shaman
  • Mark Hamill… Niju the Evil Wolf
  • Charles Fleischer… Boris
  • Peter MacNicol… Muru
  • Rob Paulsen… Terrier/Sumac/Wolverine 2
  • Nicolette Little… Dingo
  • Melanie Spore… Saba
  • Kevin Schon… Muc/Luc/Wolverine 1
  • Joe Alaskey… Hunter/Nuk
  • Moné Walton… Aniu
  • Mary K.Bergman… Fox/Wolverine 3
  • Jeff Bennett… Yak 

Balto (Balto)

Balto (Balto)

  

Sinopse:

A Amblin Entertainment apresenta uma deslumbrante aventura animada sobre um dos cães mais corajosos de todos os tempos!

Parte cão esquimó, parte lobo, Balto não sabe exactamente qual o lugar a que pertence. Ele é um pária no Alasca, excepto para os seus verdadeiros amigos.

Um dia, uma epidemia de difteria alastra-se rapidamente entre as crianças de Nome. Quando uma violenta tempestade de neve bloqueia todas as vias de comunicação, não existe nenhuma maneira de obter os remédios que permitirão salvar vidas… a menos que uma equipa de cães de trenó possa percorrer mil quilómetros através da impenetrável tempestade árctica, para trazer antitoxinas. Só Balto poderá resgatar a equipa e salvar as crianças.

Balto baseia-se na extraordinária história verídica de um herói que inspirou toda uma nação e se converteu numa lenda.

Com vozes de Kevin Bacon, Bridget Fonda, Phil Collins e Bob Hoskins.
Elenco:
  • Kevin Bacon    …         Balto (voz)
  • Bob Hoskins    …         Boris the Goose (voz)
  • Bridget Fonda  …         Jenna (voz)
  • Jim Cummings  …         Steele the Sled Dog (voz)
  • Phil Collins       …         Muk and Luk (voz)
  • Jack Angel       …         Nikki (voz)
  • Danny Mann    …         Kaltag (voz)
  • Robbie Rist      …         Star (voz)
  • Juliette Brewer …         Rosy (voz)
  • Sandra Dickinson         …         Sylvie / Dixie (voz)
  • Miriam Margolyes        …         Grandma Rosy / Vozes estras
  • Lola Bates-Campbell   …         Granddaughter
  • Donald Sinden …         Doc (voz)
  • William Roberts           …         Rosy’s Father (voz)
  • Garrick Hagon …         Telegraph Operator (voz)
  • Bill Bailey         …         Butcher (voz)
  • Big Al  …         Morse (voz)
  • Michael McShane        …         Extra Voices (voz)
  • Austin Tichenor            …         Extra Voices (voz)
  • Reed Martin     …         Extra Voices (voz)
  • Adam Long      …         Extra Voices (voz)
  • Jennifer Blanc   …         (voz) (não creditado)
  • Jim Carter        …         (voz) (não creditado)
  • Christine Cavanaugh    …         (voz) (não creditado)
  • Michael Shannon         …         (voz) (não creditado)

 Ficha Técnica:

  • Direção: Simon Wells
  • Roteiro:  David Steven Cohen, Elana Lesser, Cliff Ruby e Roger S.H. Schulman
  • Ano: 1995
  • Gênero: Família | Animação | Aventura
  • Duração: 78 min
  • País: EUA

Curiosidades:

  • Bem nem precisa dizer que todos os amantes da raça Husky Siberiano conhecem essa história, que marca o início da criação da raça como é conhecida hoje.
  • Balto é o mais famoso, mas o cão mais importante na corrida do soro, e que é o “fundador” da raça foi Togo, o cão líder de Leonhard Seppala.

Balto

Balto

Balto (estátua em Nova York)

Togo

Togo

Seppala e Togo

Balto e Togo (Cleveland Metroparks Zoo)

Homenagem ao Bud

Uma homenagem ao Bud, o boxer dos meus primos.



%d blogueiros gostam disto: